Love Alarm | Uma pausa para refletir - De olho no assunto

De Olho

  • nos Filmes
  • Séries
  • Doramas
  • no Assunto!

Destaques

Post Top Ad

sexta-feira, 6 de março de 2020

Love Alarm | Uma pausa para refletir

Olá apaixonados por aplicativos!

Hoje vamos falar de duas coisas que gostamos muito: dorama e aplicativos para celular com funções bem peculiares.
Embora seja uma série sul-coreana Love Alarm tem o dedinho da Netflix e como vocês já devem ter percebido fico meio receosa quando isso acontece, mas enfim vamos saber se valeu a pena assistir este doraminha.





Titulo: Love Alarm
País de origem: Coréia do Sul
Dirigido por: Lee Na-jung
Episódios: 8
Ano de lançamento: 2019
Elenco: Kim So-hyun , Jung Ga-ram e Song Kang
Gênero: Romance adolescente
Sinopse: Em um mundo em que um aplicativo avisa seus usuários se alguém por perto gosta deles, Kim Jojo descobre o amor e encara as adversidades da vida.


Sobre a história

Kim Jo-jo é uma jovem que luta por sua sobrevivência, trabalha, estuda e apresenta-se muito responsável, após a morte de seus pais nossa guerreira foi morar com uma tia mal humorada e uma prima que faz de sua vida um inferno.
Mesmo tendo namorado Kim Jo-jo sem qualquer intenção desperta amor em dois jovens amigos Hye-young e Sun-oh e a partir dai somente o Love Alarm pode dar um rumo a essa situação.




Crítica 

Love Alarm NÃO É um dorama de amorzinho, muito menos segue a linha que a grande maioria dos doramas sul-coreanos costumam seguir, temas como suicídio, ações LGBT, mágoa e excesso do uso de smartphones são discutidos nessa série.
A princípio é algo que incomoda consideravelmente afinal se estou procurando um dorama existem situações que espero encontrar no roteiro, mas definitivamente Love Alarm não tem pretensão alguma de manter os padrões tendo inclusive sua segunda temporada confirmada, o detalhe é que doramas normalmente não seguem esse caminho.
Acredito que 8 episódios sejam o suficiente para despertar curiosidade já que a maioria das produções tem em média 16 ou 32.




Então o que de fato torna essa história boa? 

Abordar temas atuais é um caminho bacana já que a maioria dos fãs de doramas é um público mais teen, o roteiro e todo o conjunto da obra estão prontos para atingir a este público é exatamente por isso que o dorama tem classificação 16 ANOS.
Suicídio em massa e a necessidade de ser amado por alguém com base em dados de um aplicativo, será que isso é familiar para você? 
Love Alarm promove reflexões e tenta falar sobre situações tão delicadas de maneira a inseri-las no cotidiano dos personagens deixando claro que não é algo que de limite a determinados públicos ou classes sociais.




Então o que de fato torna essa história ruim?

Como um dorama pode ser bom e ruim ao mesmo tempo? 
Quando a gente se propõem a analisar todo o conjunto da obra não podemos focar apenas em um quesito e esta é a explicação desse misto de amor e raiva que senti com relação a este dorama.
Se um dos pontos positivos deste drama é trabalhar determinados temas um dos maiores pontos negativos para mim foi como estes temas foram trabalhados dentro do contexto da série, conhecendo um pouco do trabalho sul-coreano fica claro que a intensão dos produtores não foi agradar ao público dorameiro.




Este trecho contém spoilers 👀

Desculpe gente mas não tem como ilustrar minha insatisfação sem comentar alguns pontos:
Embora Kim Jo-jo tenha um passado doloroso onde seus pais tenham tentado matá-la ela demonstra-se madura em suas atitudes, mas em determinados pontos seu comportamento foi muito irritante.
Kim Jo-jo namora e trai o namorado com Sun-ho, ela passa por cima de todo mundo pra ficar com o galãzinho, por outro lado Sun-ho beija Kim Jo-jo sabendo que ela tem namorado e que seu melhor amigo é apaixonado por ela e nunca se declarou por respeitar sua condição de menina comprometida WTF.
Ela segue confiante ignorando todas as pessoas contra essa relação até que um dia ela se sente de ovo virado e resolve por nada terminar com Sun-ho que não entende nada e fica a sofrer pela guria WTF 2.
Anos mais tarde Kim Jojo reencontra Sun-ho que tocou a vida e agora tem namorada, então sabe-se lá porque cargas d'agua ela resolve dar uma chance pro amigo traído por Sun-ho anos atrás  WTF3.

Fim dos spoilers 




Com toda essa bagunça de acontecimentos sem Q nem porque fico me perguntando que tipo de roteiro foi esse.
Embora temas importantes sejam destrinchados nesse dorama acho que faltou um pouco de sensibilidade na abordagem, a história seguiu como novela mexicana com pitadas de americanização e não deixou claro pra mim o que exatamente estava querendo dizer.
É claro que a premissa é interessante e se você conseguir ignorar certos furos de roteiro e um dorama com cara de série americana é possível que esta história possa te agradar, mas pra mim o diferencial dos trabalhos produzidos por coreanos é justamente a sensibilidade, a qualidade dos diálogos, a valorização de sua cultura e não pude enxergar isso neste dorama.




Bom Tchurma é isso concordar comigo ou discordar de migo tudo bem, afinal você pode ter observado outros pontos ou analisado sob outra perspectiva e tá tudo certo.
Quando escrevo uma crítica como essa penso como fã dos dramas coreanos sabe, aqueles doraminhas raiz onde o beijo acontece no final e tudo vai acontecendo de maneira lindamente inocente e romântica, foi exatamente por isso que me tornei fã.
Conteúdos sem moral a gente assiste na novela das 9 da Rede Globo ou em algumas séries por ai que tem roteiros tão vazios que são dignos de pena.

É isso até o próximo post.
  

2 comentários:

Post Top Ad