segunda-feira, 18 de março de 2019

Trocando os pés - Adam Sandler

Quer conhecer melhor um homem? Experimente usar os sapatos dele.



Olá meus queridos leitores, bem vindos a mais um post.
O filme de hoje foi capaz de me fazer refletir e por isso resolvi trazê-lo ao blog.
Trocando os pés foi lançado aqui no Brasil em 2015 e mesmo não sendo tão recente eu gostei bastante de assisti-lo.


Resultado de imagem para trocando os pés


Título: The Cobbler
Formato: Filme
Ano produção: 2014
Duração: 1h 37m
Dirigido por: Tom McCarthy
Gênero: Comédia dramática e fantasia
Sinopse: Um sapateiro desiludido se torna herói e aprende lições importantes ao descobrir que colocar os sapatos de seus clientes faz com que entre como mágica em suas vidas.

Falando sobre

Há  quem critique o humor de Adam Sandler, em especial este filme que não teve lá uma boa recepção.
A questão é que se você espera morrer de rir este não é o filme que vai te proporcionar esta experiência, sempre achei um diferencial a face sem muita expressão do nosso protagonista, porém neste filme ela realmente veio a calhar.
No filme, Adam Sandler é Max, um solteirão largado que vive com a mãe e que herdou de seu pai uma sapataria que existe a mais ou menos quatro gerações, junto com a sapataria Max também herda uma máquina de costura mágica, o sapato que for costurado por ela ganha habilidades especiais.
Quando Max percebe que ao calçar os sapatos dos seus clientes ele pode se transformar em quem quiser passa a usar isso ao seu favor, inicialmente por brincadeira depois para salvar uma vida.


Resultado de imagem para trocando os pés


Quer conhecer melhor um homem? Experimente usar os sapatos dele.

Como disse anteriormente este filme não vai te fazer morrer de rir, mas, se você gosta de fazer análises mais críticas com relação ao roteiro este filme é uma boa pedida.
Max vê sua vida tão sem graça, a impressão que dá é que as outras pessoas tem uma vida melhor, mais interessante que ele, porém , ao calçar os sapatos de seus cliente percebe que as aparências podem enganar.
É realmente um erro achar que a grama do vizinho é mais verde que a sua.
A frase citada logo no inicio do filme mostra o quanto é importante nos colocar no lugar do outro, levando em conta o lado bom, mas também o lado ruim, a vida não se resume às fotos do Instagram.


Resultado de imagem para trocando os pés


O filme em si traz muitas lições, o que compensa o humor pobre e o roteiro meio desconexo.

2 comentários: