Revolutionary Love | Porque é bom? - De olho no assunto

De Olho

  • nos Filmes
  • Séries
  • Doramas
  • no Assunto!

Destaques

Post Top Ad

sábado, 3 de outubro de 2020

Revolutionary Love | Porque é bom?

 Ahhh o amor!!! Que seria de nós sem o amor!?

Muito provavelmente nós dorameiras dormiriamos melhor e queimariamos menos panelas de arroz assistindo aos doramas não é verdade? Afinal quem nunca?

Hoje vamos falar de um dorama diferentão, que mesmo quebrando o padrão, conquistou meu coração 😍.



Titulo original: Revolutionary Love
País de origem: Coréia do Sul
Ano de lançamento: 2017 na Coréia e 2020 na Netflix Brasil 
Episódios:16
Duração: 60 minutos
Elenco: Choi Si-wonKang So-raGong Myung 
Gênero: Comédia romântica 

O dorama

Se prepare para conhecer a história de Baek-Jun uma jovem de personalidade fortíssima que acumula várias experiências profissionais por trabalhar em diversos empregos de meio período, dona de si ela não é do tipo que baixa a cabeça o que acaba por encher de preocupação o vizinho do andar de baixo Know Je-hun, um executivo envolvido até o pescoço com as trapalhadas de Byun Hyuk um riquinho desajeitado que promete agitar a vida desse dois.



Porque é bom?

Mesmo apresentando Love no título este dorama definitivamente não é daqueles cheio de amorzinho olhares vagos e romance docinho, Revolutionary Love é uma comédia muito bem estruturada que fala sobre temas muito importantes com muito bom humor e leveza, mas isso também não quer dizer que não exista amor, claro que existe, mas aqui definitivamente ele se emprega de outra forma.


Ai você pode estar pensando: Nossa mas se não tem romance docinho então não vale a pena assistir! 
Para! Acredite, nem só de romance docinho se forma uma dorameira raiz, mesmo que Revolutionary Love tenha seguido um caminho não tão convencional em nada sua qualidade foi diminuída chegaria até a dizer que de fato apresentou um conteúdo muito inteligente ao seu público, o que raramente  é visto por ai.
Bom mas vamos ao que interessa!



Revolutionary Love é um dorama muito divertido que traz uma dura crítica ao sistema trabalhista, ao mesmo tempo em que deixa claro o abismo que separa ricos de pobres, claro que dentro da realidade cultural coreana, mas que pode facilmente ser aplicada também à nossa realidade.
Dessa forma vemos Baek-Jun lutar pelos seus direitos a medida em que enfrenta vários obstáculos, enquanto Je-hun se rende aos caprichos do sistema para manter sua sobrevivência.
O tema é tão complexo e pertinente que ao mesmo tempo que causa indignação pela quantidade de injustiças que acontecem traz também a clareza sobre um tema tão presente na sociedade mas que a gente simplesmente ignora.



Neste ponto preciso dizer que a atuação dos personagens é muito boa, a ponto de fazer com que a gente sinta na pele suas emoções e olha que isso foi colocado a gosto nesse drama.
SIM! Aqui temos um triangulo amoroso de encher o coração, e claro isso tem papel fundamental durante a trama porque a gente fica indeciso na torcida e na expectativa de quem será o sortudo, mas embora exista essa situação como disse anteriormente o dorama não se prende muito a essa questão, tudo segue acontecendo naturalmente.
Eles que lutem, não é mesmo?



O fato é que neste drama o amor é a chave para a  mudança de Hyuk e Je-hun, por isso o amor revolucionário, e de fato enxergar o amor com essa potencialidade foi algo muito bonito de se ver.
Além de que tudo neste dorama merece elogios, o figurino, trilha sonora, fotografia, efeitos visuais, roteiro, OST e tudo que compôs esta produção, incluindo escolha de elenco e direção.

Acredite se você assistir com carinho vai perceber todas essas qualidades e ainda mais.

Criticas


E claro como é de se esperar nem todo mundo vai concordar comigo ao ler este post, mas quero humildemente rebater uma crítica que li sobre este dorama de forma justa e sensata.
Um post classificava como "dorama péssimo" o Revolutionary Love simplesmente porque a pessoa achou o casal protagonista sem sal, mas peraê...
Gente vamos analisar isso de forma inteligente, com tantos acertos no roteiro, com uma abordagem tão significativa sobre as diferenças entre classes sociais definir como péssimo foi um pouco de mais, faltou sensibilidade ai.
Claro que o casal secundário tem sim MUITO mais romance explicito e isso foi proposital, eles apenas estavam vivendo um amorzinho convencional daqueles de dorama fofinho, a proposta do triangulo amoroso principal era outra totalmente oposta e dentro dessa proposta o romance foi sendo conduzido de maneira coerente e aceitável.
Sendo assim penso que quando nos colocamos nas mídias sociais pra nos posicionar sobre determinado assunto precisamos de fato ao menos saber interpretar aquilo que está sendo transmitido pelo produtor do conteúdo do qual vamos falar, sendo justos e não generalizando e tachando como péssimo só porque eu não gostei de um detalhe ou não compreendi direito o que estava sendo dito né.

Bom meus mores espero que tenham gostado, me conta ai se você já assistiu e o que achou desse drama.
Um beijin.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad