sábado, 20 de abril de 2019

Dorama do final de semana - Eu não sou um robô

Oi tchurminha,



Eu amo assistir doramas e muito mais falar e escrever sobre eles, é como se isto intensificasse minha ligação com os personagens.
Ainda a espera da segunda temporada de Uma Odisseia Coreana, segui procurando outros amores para curar meu coraçãozinho e claro encontrei vários, um mais fofo que o outro, para ler as resenhas basta clicar no marcador dorama no cantinho direito da tela.
A bola da vez fica com, Eu não sou um robô estrelado por Yoo Seung-ho, Chae Soo-bin e Um Ki-joon.




Formato: Série
Gênero: Comédia romântica/ Ficção cientifica
Duração: 35 minutos
País: Coreia do Sul



Sinopse segundo Wikipédia: Kim Min-kyu (Yoo Seung-ho) vive uma vida isolada devido a uma alergia severa a outras pessoas. Ele desenvolve erupções extremas que se espalham rapidamente por todo o corpo, uma vez que ele faz qualquer tipo de contato com a pele. Jo Ji-ah (Chae Soo-bin) é uma mulher que está tentando fazer isso na vida criando seus próprios negócios. No entanto, depois de um encontro com Min-kyu, ela acaba fingindo ser um robô no lugar do suposto robô Aji 3. O robô Aji 3 foi desenvolvido pelo ex-namorado de Ji-ah, professor Hong Baek-kyun (Um Ki-joon) e sua equipe. O robô deveria ser testado pelo gênio Min-kyu, no entanto, um acidente causou a bateria do robô funcionar mal. Como Baek-kyun modelou o robô após Ji-ah, a equipe acabou recrutando-a para assumir o lugar de Aji 3.

Falando Sobre 

Resultado de imagem para eu não sou um robo dorama


Confesso para vocês que eu relutei muito para ver esse dorama, tentava entender que graça poderia haver em uma mulher robô e um cara alérgico a humanos.
Sem ler a sinopse resolvi assistir ao menos 3 episódios para me convencer de que não valia a pena perder tempo com essa história, mas acredite o primeiro episódio foi suficiente para que eu me apaixonasse pelo casal.

Resultado de imagem para eu não sou um robo dorama

Como vocês puderam ler na sinopse Kim Min-kyu era alérgico a humanos, isso se deu por um trauma de infância após a morte de seus pais, vivendo a 15 anos isolado do mundo de repente ele recebe uma proposta que mudaria sua vida.
Min-kyu deveria testar uma robô de ultima geração a fim de patrocinar pesquisas a respeito da qualidade da criação, porém, próximo a data da entrega a robô Aji-3 entra em pane e como ela foi criada com o mesmo rosto da ex-namorada do Dr. acabam mandando a versão humana até que conseguissem concertar a versão androide.
A partir dai as coisas mudam e seguem um rumo inesperado, Kim Min-kyu parece não ter alergia da humana que está se passando por robô.

Resultado de imagem para eu não sou um robo dorama


Eu não sou um robô é um dorama incrivelmente docinho, te faz sorrir, chorar, suspirar e querer ver todos os episódios de uma só vez.
Recomendo sem sombra de dúvida.
Deixe aqui nos comentários o que você achou desse romance, e não se esqueça de me seguir aqui no blog isso traz cada vez mais evidência ao meu trabalho.

Até o próximo doraminha.

2 comentários:

  1. Olá. Adoro este tipo de história. Ando para este dorama praticamente desde que começou a ser exibido lá na Coreia do Sul, mas são tantos os
    doramas...
    Beijinho

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito bem vinda Sônia!
      E sim eu sou apaixonada pela magia dos doramas, aquele amor puro sabe, minha meta e assistir com mais frequência assim que acabar o semestre da faculdade, com isso vou trazendo mais histórias aqui para o blog 😍

      Excluir