quarta-feira, 16 de janeiro de 2019

Terceira temporada de La casa de Papel tem previsão de lançamento em 2019

Una mattina mi son' svegliato
O bella ciao, bella ciao, bella ciao, ciao, ciao
Una mattina mi son' svegliato
E ho trovato l'invasor

O partigiano, portami via
O bella ciao, bella ciao, bella ciao, ciao, ciao
O partigiano, portami via
Ché mi sento di morir



Que melhor maneira de começar este post se não com o trecho da música que embalou um dos maiores roubos da Espanha (Bella Ciao).

Bom galerinha talvez vocês já tenham lido mil e uma resenhas sobre La Casa de Papel que foi um estouro na época de seu lançamento em 2017, porém, acredite se quiser eu somente assisti a essa série depois de um ano, a questão é que eu procurava uma grande motivação para assistir uma série onde os bandidos são os mocinhos, afinal isso não é nada comum e foi então que a motivação surgiu rsrs, meu marido resolveu assistir sozinho e curiosa eu resolvi assistir também o resultado disso foi que terminei a série inteira antes dele.
Mas o que achei de La Casa de Papel?



Título: La Casa de Papel / Money Heist
Formato: Série / 2 temporadas
Ano lançamento: 2017
Dirigido por: Álex Pina
Duração: 41 a 55 minutos
Países de Origem: Espanha
Gênero: Drama/ Suspense/ Assalto
Sinopse: Um homem conhecido como O Professor recruta uma jovem assaltante e outros sete criminosos para um grande roubo. O alvo é a Casa da Moeda da Espanha. 

Falando sobre 

A verdade é que de uma maneira bem improvável eu me apaixonei pela série no primeiro episódio, La Casa de Papel tem uma coisa que me cativa chamada estratégia, O Professor sem dúvida foi um grande acerto na trama.
Cada personagem tinha lá sua peculiaridade mas me desculpem os críticos a dona Tókio foi realmente uma pedrona no sapato em consequência seu par romântico acabou ganhando a mesma fama.



Não é segredo para ninguém que nosso querido Berlim ganhou as honras de melhor bandido da série, e olha que ouvi boatos de que ele não morreu e estará de volta na próxima temporada, caso curioso porque convenhamos ele já estava com o pé na cova.
Troféu de melhor refém vai para minha xará Monica que arrasou na missão, como foi uma série completa poderíamos distribuir vários troféus ao longo deste post, mas sabe qual é minha expectativa no momento ? A 3° temporada.

Minhas preferências a parte, não foi a toa o sucesso desta série, mas, alguns pontos me chamaram a atenção no decorrer da trama, um deles é como pode o Professor sendo tão bom e estrategista como era ser pego por algo tão bobo como um fio de cabelo no terno, outra questão que me fez refletir foram os relacionamentos, neste quesito não vamos levar em conta todos os pares mas apenas um em especifico: Monica e Arturo.
Arturo um homem casado que tem uma amante e não consegue se decidir entre as duas, enquanto que, por outro lado temos Monica amante do cara casado que decide deixar ele pelo seu sequestrador, isso é de bugar qualquer mente sã não acham?
A questão é que pudemos olhar os dois lados da moeda porque na grande maioria dos casos somente a mulher fica em desvantagem, isso realmente foi interessante.


  

No contexto geral achei La Casa de Papel uma boa série com poucos atropelos e muitos mas muitos acertos.
Prometo voltar aqui após o lançamento da próxima temporada para traçarmos o perfil de cada um dos nossos heróis.
A antes que eu esqueça, Moscou me fez chorar e não foi pouco acredite.

Até a próxima. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário