terça-feira, 29 de maio de 2018

Greve dos caminhoneiros x Pastor Silas Malafaia

Olá meus queridos, graça e paz!

Como você pôde ler no título acima vamos comentar  a respeito do assunto mais falado nos últimos dias, sua repercussão foi realmente gigantesca e sim sou totalmente a favor desta paralisação, mas, o que me despertou a escrever sobre este assunto não foi a maneira digna e organizada com a qual os caminhoneiros reivindicaram não apenas os seus direitos, mas também o nosso direito, e sim algumas declarações feitas pelo pastor Silas Malafaia a qual sempre admirei por sua intrepidez nas palavras e caráter, quero obviamente deixar claro que nenhum destes atributos serão aqui ignorados, o foco está unicamente ligado ás suas declarações.
Afinal o próprio Silas Malafaia entende e expressa em um dos seus vídeos que qualquer um que quisesse poderia discordar de sua posição.


 O que não é segredo para ninguém é que o pastor Silas Malafaia é extremamente contra ao protesto adotado pelos caminhoneiros, inclusive intitulou um dos seus vídeos como "Os aproveitadores do caos".
Muitos vídeos a respeito deste movimento ganharam espaço no youtube e eu tive o desprazer de assistir um deles, onde o pastor dizia o seguinte :
"A greve dos caminhoneiros está ai no final e qual é o resultado para o país? 
Eu vou dizer pra você perda de bilhões e bilhões no comércio na indústria na agricultura e a maioria dos caminhoneiros são funcionários não mudou nada pra eles continuam com uma carga de horário de mais de 12 horas por dia e um salário de miséria não adianta minha gente agir por emoção pra atender um umbigo de uma categoria o problema do país é conjuntural ... aqui é minha sugestão antecipa a eleição, antecipa a posse de um novo presidente com respaldo popular pra fazer as mudanças necessárias..."
                                                                                                                     Pastor Silas Malafaia 

Ao decorrer de sua fala ele segue comentando a respeito da previdência, desemprego e outros argumentos que teorizam sua opinião.
Em um outro vídeo ele simplesmente ataca a classe de caminhoneiros e supõe que os caminhões dos mesmos deveriam ser presos.
Após ouvir cada palavra e ver cada resposta que foi dada a cada declaração feita pelo pastor, quero deixar aqui aqui como cidadã que sou a minha opinião.

Não sou pastora, nem psicologa, nem tenho tanto poder de influência como ele, mas sou brasileira e trabalhadora classe esta que nunca, jamais teve qualquer respaldo de qualquer que seja o órgão governamental.

Olhando do ponto de vista cidadão, sou a favor da greve que foi conduzida de maneira pacifica em busca de um direito legitimo de cada brasileiro que paga mais em impostos que em mercadoria, a fala do pastor que remete esta luta ao umbigo de uma categoria foi muito infeliz, a menos que ele mesmo não pague pelo abastecimento de seu carro, e obviamente isso não acontece.
Minimizar a uma categoria o grito de um povo é um tanto irresponsável, visto que essa "categoria" paralisou um país inteiro, ninguém está ali parado na pista por brincadeira, todos os dias o governo e políticos corruptos roubam descaradamente da população e agora o fracasso do Brasil é culpa da categoria de caminhoneiros? São eles que devem ser presos por lutar pelos nossos direitos?
Hipocrisia de mais.

Olhando do ponto de vista cristão me permita fazer uma comparação para que eu possa melhor me explicar: desde a época da escravidão dos hebreus no Egito nos deparamos com a luta de um povo por liberdade, por seus direitos, não é isso?
Imagine Faraó dizendo: não adianta minha gente agir por emoção pra atender o umbigo de uma categoria (hebreus). Pode até parecer uma comparação sem muito sentido mas que cabe perfeitamente dentro do nosso contexto atual.
Desde quando perder bilhões e bilhões é mais importante do que o grito de um povo escravo, o dinheiro se tornou mais importante que as pessoas em que parte do caminho? Mesmo sem perder os malditos bilhões o povo sofre miseravelmente nas mãos de ladrões ano após ano, e desde quando isso se tornou culpa exclusiva do povo.
É muito fácil chamar o povo de burro como nosso pastor fez e pedir um debate sem ofensas e com palavras bonitas, infelizmente uma das principais metas do governo não é somente roubar nossos bolsos mas impossibilitar nosso conhecimento para que não possamos responder a altura.
Agora uma pessoa influente como um pastor falar a quantidade de baboseiras que falou é inadmissível, me pergunto hoje de qual dos dois lados Jesus faria parte ? Estaria ele se levantando para promover a discórdia entre o povo ou estaria ele na beira da estrada alimentando cada pai de família que está ali fazendo o que ninguém teve capacidade de fazer...

Quando o povo percebe a força que tem quando se une o governo treme e quem é extremamente capitalista então se desespera com a perda de bilhões.
Mamom se tornou o senhor dos corações a muito tempo, e o povo esquece que nos últimos dias que vão anteceder a volta de Cristo eventos como esse serão refresco, faltará comida, água, e muitos se venderão em prol dessas coisas, são nove dias de greve apenas, e já podemos ver onde está o coração do homem egoísta.

Sendo assim deixo aqui registrada a minha indignação por suas palavras pastor e que Deus tenha misericórdia da humanidade egoísta e má em que temos vivido.

#APOIO_AOS_CAMINHONEIROS

Que Deus abençoe cada caminhoneiro que abriu sua boca em clamor por essa nação ingrata . 

2 comentários: