sexta-feira, 27 de outubro de 2017

Ao cair da noite e 1922 foram filmes lançados pela Netflix - Seria uma proposta inovadora para o gênero terror ?

Olá meu povo, bem vindos !!!

Hoje nós vamos estar falando sobre dois filmes que tem algo em comum.
A Netflix tem investido no gênero terror prova disso foi o lançamento dos filmes em questão, a pergunta que não quer calar é, são estes filmes tão bons quanto esperamos ? Afinal muitos diretores tem inovado neste quesito e a Netflix ficou marcada pelo fracasso do filme Death Note.

Os Filmes - Ao cair da noite 




                                                            Lançado em 22 de junho de 2017


O Filme Ao cair da noite conta a história de uma família que sobreviveu a um possível apocalipse, não aparentemente não foi um apocalipse zumbi, parece mais um surto na saúde o qual matou muita gente inclusive um dos integrantes desta mesma família.
Vivendo isolados eles conseguiram se proteger desta doença misteriosa, porém, eles são surpreendidos por outra família sobrevivente e acabam dividindo a mesma casa, as mesmas regras e o mesmo fim trágico.




Spoiler e critica 

Minha opinião:  Este filme apesar de alguns pontos positivos teve mais defeitos que acertos, falta coerência nos fatos, parece não ter principio nem fim, como citei no trecho acima não fica claro o motivo da devastação que acontece, não há novidade no decorrer da trama.
A parte mais intrigante para mim é quando a outra família entra em cena, esta parte vou confessar me lembrou bastante o The Walking Dead pelo fato da casa ser invadida pela segunda família em busca de alimento e por isso ser condenada ao julgamento de poder ou não se aliar aos donos da casa.
Fato que como era de se esperar ambos se aliam.
O filho dos donos da casa tem comportamento estranho e subjetivo mas isso parece um problema familiar (risos).
Em dado momento do filme os donos da casa desconfiam que a família que acabara de chegar está contagiada pela doença, até aqui tudo bem, o que não tem muita lógica é o fato de os donos da casa não permitirem que eles saim  e busquem seu rumo pelo contrario são assassinados.
No final o filho com comportamento bizarro é infectado e também morre.
Desculpem mas não encontrei coerência, nem aquele friozinho na barriga causado por um filme deste gênero, não achei este filme mediano, achei muito ruim, é aquele tipico filme que você assiste e pensa perdi todo meu tempo vendo isso.
Esta foi a minha opinião como fã do gênero.

  


1922

                                                          Lançado em 23 de setembro de 2017


Baseado em uma das obras de Stephen King 1922 conta a história de uma fazendeiro que tem uma confissão a fazer. Wilfred passa por problemas financeiros mas se nega a vender as terras herdadas por sua esposa e para impedir que ela tome esta atitude ele decide assassiná-la e para isso conta com a ajuda de seu filho.


Critica 

Talvez por ter sido lançado também pela Netflix este e o filme anterior possuem algumas semelhanças. A história vai se atropelando.
Em comparação ao filme que comentamos anteriormente este merece atenção, não que seja um filme muito bom mas apesar de alguns defeitos é um filme que eu assistiria novamente, a trama não é original e diria que é até muito obvia o que ao meu ver não combina com os filmes de terror que nos encantam por sua imprevisibilidade.
O que me agrada neste filme é o pouco terror psicológico ao qual somos submetidos e com base nisso posso dizer que sim este é um filme de terror/suspense mediano que indico.





No mais acredito que este é um gênero complicado a se trabalhar e a nossa querida Netflix tem deixado a desejar em alguns quesitos, o mesmo não posso dizer das séries que para mim tem um conteúdo muito bom, dai me pergunto se a especialidade dos caras não são somente séries que pedem um encurtamento nos episódios para que tudo faça sentido, pois os filmes da Netflix tem se mostrado curtos e com um amontoado que informações que não definem o conteúdo do filme.

É isso meus queridos um forte abraço e até o próximo post.

Nenhum comentário:

Postar um comentário