terça-feira, 2 de maio de 2017

Os problemas ligados a abstinência medicamentosa

Este assunto parece sem importância até que você viva algo do tipo, com a auto medicação maiores são os riscos de sofrer com este problema.
Mas o que de fato é abstinência medicamentosa ?


Abstinência nada mais é do que se abster de alguma substância, deixar de fazer uso de determinado elemento.

O caso mais comum ou talvez o que lhe seja mais familiar é a abstinência de drogas, mesmo não sendo muito compreendida é uma reação agressiva do organismo por falta do uso da mesma.
Hoje vamos falar um pouco sobre a abstinência medicamentosa em especial no caso de antidepressivos.


Grande parte dos antidepressivos hoje causam dependência, mas infelizmente ainda é o recurso mais usado para o tratamento de diversas doenças psicológicas, neste caso o seu uso é assistido por um médico que deverá fazer acompanhamento com seu paciente até a alta do tratamento sendo o único responsável por alteração de dosagem e desmame.
Acredite o fato de eu estar escrevendo este post não é por acaso, mesmo sabendo de tudo isso a moça que vos fala resolveu parar bruscamente o tratamento de quase um ano com o Venlafaxina e queridos três dias foram o suficiente pra dar ruim, então não indico que em hipótese alguma você recorra a essa saída ok.



Seu corpo se habitua a uma carga diária de medicamento e quando isso é retirado bruscamente ele entra em colapso, no meu caso senti muito enjoo o que resultou em vomito, diarreia, calafrios, dormência por todo corpo e tontura, parecia que eu estava na reta final da vida.
Este efeito pode se prolongar até três semanas a menos que você volte a tomar sua medicação fazendo isso você estará novo em folha em 24 horas.

Sintomas da abstinência 


  • Ansiedade
  • Insônia
  • Irritabilidade
  • Explosões de choro
  • Distúrbios de humor
  • Sonhos vívidos
  • Tontura 
  • Vertigem
  • Sensação de cabeça vazia 
  • Cefaleia
  • Falta de coordenação motora
  • Tremores
  • Náuseas
  • Vômitos 
  • Diarreia   
  • Calafrios
  • Fadiga
  • Congestão Nasal
  • Dores musculares
Estes são alguns dos sintomas que se definem de acordo com o tempo do tratamento interrompido,
sendo assim o mais indicado é procurar seu médico e seguir à risca suas orientações, com o organismo não se brinca.
Outra situação que vale comentar é que após o período da retirada brusca existe um evento chamado de rebote que é quando seu organismo volta a situação pré tratamento, considerando todas estas informações vale a pena reconsiderar não é mesmo.
E sim meus queridos estou bem e continuo meu tratamento normalmente, infelizmente é longo mais necessário.
Então é isso queridos cuidem se bem e não cometam loucuras...

Nenhum comentário:

Postar um comentário