quinta-feira, 11 de maio de 2017

O prazer de ser mãe

Mês de Maio é marcado por duas datas de realização plena para uma mulher, ser noiva e mãe.
Este post está dedicado a cada mãe que cumpre seu papel com amor, orgulho e felicidade, à vocês Feliz dia da Mães.


Quando a gente é filho nem sempre entende as broncas, os castigos e as repreensões da nossa mãe, quando a gente faz birra para não ir a escola ficamos bravos quando ela não cede, quando ela te faz lavar a louça e arrumar sua cama parece até uma mandona opressora, mas acredite as mães chatas constroem filhos incríveis.

Cresci ouvindo que uma mãe daria a vida por um filho mas um filho dificilmente faria o mesmo por sua mãe e infelizmente é verdade.
Mesmo sabendo dessa realidade elas nunca negam o colo quando você chega chorando porque fez arte e se machucou, ou até mesmo quando as dores da adolescência começam a surgir, na maioria das vezes era ela quem passava a noite acordada quando você queimava em febre enquanto seu pai roncava absurdos, e agora que você cresceu é ela quem chora de preocupação quando você demora pra chegar em casa sem nem ao menos telefonar.

Ser mãe é um dom...
Ainda a pouco li um comentário que me despertou pena, uma moça dizia assim "filhos dão desgosto antes mesmo de nascer engravidar é burrice", me pergunto o que se passa na cabeça dessa mulher, esqueceu que nasceu de uma mãe?
E o que dizer das adeptas ao aborto ? Não quer ser mãe não engravide ...



Esta  moça se chama Frankielen da Silva, provavelmente você  deve ter ouvido falar dela alguns meses atras.
Aos 21 anos ela infelizmente sofreu morte cerebral e estava grávida de 2 meses, eram gêmeos, esta notícia comoveu o mundo no inicio deste ano (2017), ela foi mantida viva por 100 dias para que sua gestação fosse concluída, incrivelmente ela resistiu até o último momento para que seus bebês nascessem.
Esse para mim foi o maior exemplo de maternidade...

Um dia é pouco para agradecer por tudo que elas fizeram por nós a vida inteira.
 Hoje também sou mãe e posso ver o outro lado da moeda...



E é claro que não poderia deixar de falar dela, minha rainha, amiga, parceira, confidente e mãe, que me fez ser o que sou hoje, um dia não paga todos os anos que ela dedicou a mim...



Aproveite este momento, abrace-a enquanto você a tem por perto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário