sexta-feira, 28 de abril de 2017

Greve geral após 20 anos - Entenda mais

A manhã de hoje dia 28 de abril de 2017 foi um marco na história do Brasil, aconteceu uma greve geral algo que à 20 anos não acontecia no pais.
Se eu sou a favor ? Sim sou totalmente a favor, digo isto como trabalhadora muitas vezes prejudicada pelo sistema trabalhista brasileiro.
O motivo responsável por essa paralisação foi a reforma trabalhista proposta pelo governo de Michel Temer.





Tudo começou a sair dos trilhos quando as primeiras noticias sobre a reforma da previdência começaram a surgir, e aqui já preciso abrir um parenteses ( claro que essa reforma não tem por objetivo o benefício dos trabalhadores ), dificultar a aposentadoria de pessoas que contribuíram a vida inteira para o crescimento do "país" é o maior ato de desumanidade que existe.
Nós trabalhadores não temos uma condição trabalhista favorável e todas as poucas conquistas que tivemos agora serão boicotadas por essa corja de ladrões que enriquecem sob o suor da classe operária, faça-me o favor...
Além de ser algo inaceitável imaginem vocês idosos que estão prestes a se aposentar não alcançarem o descanso depois de anos de trabalho e digo mais já que querem aumentar os dias de labuta destes trabalhadores  já pensaram em dar condições melhores para que isso aconteça.
No Brasil dificilmente uma pessoa chegará a idade dos 60 anos com a saúde intacta, e claro temos uma explicação clara para isso, a cada dia passamos a ingressar no mercado de trabalho mais cedo, com um salário vergonhoso trabalhamos apenas para a sobrevivência diária, mau temos uma alimentação adequada, estamos cada dia mais expostos a doenças físicas e psicológicas e ao alcançarmos os 60 anos depois de ter a nossa saúde destruída por péssimas condições de trabalho não temos o direito de ter um tratamento médico digno e muitos morrem.
Isso meus amigos não é exagero é a dura e patética realidade.



Pouco tempo depois a Reforma trabalhista é anunciada e obviamente como trabalhadora foi inevitável minha revolta.
Na imagem acima estão alguns pontos considerados importantes nesta reforma, mas acreditem não são os únicos, eles dão direito total ao empregador enquanto o empregado fica sem opção de escolha e cada vez mais prejudicado.
Os sindicatos de diversas áreas convocaram a tal greve geral mas está na cara que por beneficio próprio afinal aquela contribuição que fazíamos anualmente ao sindicato agora é opcional, olha ai ...
Outro termo que me emudeceu foi cogitar que gestantes trabalhem em setores insalubres exceto por atestado médico, agora eu pergunto quem é o cego que não vê que nós mulheres nunca conseguiremos este maldito atestado.
Acordo coletivo passa a ser válido acima das leis trabalhistas, suas férias meu amigo podem ser parceladas em 3 x, e seu salário vai continuar a mesma vergonha, o que nos falta? Vão nos obrigar a trabalhar de graça ?
Se por algum motivo você ainda não se sentiu atingido por essas mudanças descabidas passou da hora de você acordar para a vida.



Eu sempre costumo lembrar aos meus leitores de como o governo gosta de pessoas mal instruídas, essa reforma é a prova clara de que isso é a mais pura verdade.
Acho que vale uma reflexão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário