sexta-feira, 31 de março de 2017

Erick Jacquin vivendo um pesadelo na cozinha

Erick Jacquin facilmente se associa ao programa MasterChef, mas quem realmente é esse cara?




Nascido em 9 de dezembro de 1964 na cidade de Dun Sur Auron (França) Jacquin é o assunto do dia.
Não demorou muito para que nosso chef decidisse mudar de cidade em busca do seu sucesso profissional então anos mais tarde Jacquin se muda para Paris depois de cursar a École Hôtelière Saint Amand Monrond.
Jacquin escolheu Paris o berço dos melhores chefs de cozinha e claro obteve êxito em sua empreitada, trabalhou nos melhores restaurantes sempre se destacando mas foi depois de trabalhar duro durante seis anos que ele recebeu sua primeira estrela no guia Michelin em 1995.
Apaixonado pela comida francesa Jacquin não pretendia sair de seu país até receber uma proposta irrecusável que o trouxe a São Paulo.



Café Antique foi o responsável pela consagração do chef aqui no Brasil, no dia 9 de dezembro de 1998, dia de seu aniversário, Érick Jacquin recebeu um presente muito especial: foi o primeiro Chef de Cozinha em atuação na América do Sul a ser reconhecido e nomeado "Maître Cuisinier de France" - a mais alta honraria da Gastronomia Francesa.


Agora falando como telespectadora, eu simplesmente viciei no programa Pesadelo na cozinha e um dos motivos é ele Erick Jacquin, que ele é um mito e um cozinheiro excepcional não preciso nem falar mas olhando pro lado profissional e humano ele é incrível.
O sotaque francês deixa tudo ainda mais legal, cada bronca e crítica direta dele é sua marca registrada, mas quando busca ajudar os chefs que estão em desespero vejo nele uma humanidade muito grande, ali o Chef exigente abre espaço para uma pessoa que entende o problema do outro.
Embora no inicio do programa seja de praxe Jacquin aparecer com toda aquela postura de treinamento militar com palavras duras e coisa e tal acredito que ele faz o que é necessário ser feito.
Em resumo o cara é d+.



Nenhum comentário:

Postar um comentário