quarta-feira, 14 de dezembro de 2016

Desabafo - Vivendo com TAG e Síndrome do Pânico

Oi galera tudo beleza?
Hoje eu acordei meio pra baixo sabe e resolvi fazer esse post porque sei que muitas pessoas estão passando pelo mesmo que eu.
Para quem não sabe tenho TAG e Síndrome do Pânico desde o dia primeiro de agosto deste ano, de lá pra cá venho fazendo tratamento e agora em especial estou passando por uma transição.
Iniciei meu tratamento apenas com o medicamento Fluoxetina, sem obter muito resultado passei a tomar também o Ansitec e o Lioran, com o tempo algumas mudanças aconteceram passei a tomar Quetiapina no lugar do Lioran e tive a dose de Fluoxetina aumentada.

Essa doença é muito complicada e seu tratamento requer esforço mas mesmo assim cheguei a dose máxima de Fluoxetina, ao dobro da dose de Quetiapina e foi acrescentado o Clonazepam que hoje já está em 2mg, minha transição hoje é sair da Fluoxetina e entrar aos poucos no Venlafaxina.



Sei que muitas pessoas passam por isso e sentem vergonha então não procuram ajuda médica, e se isolam achando que é a melhor solução.
Acredito que a pior parte é a falta de compreensão das pessoas em não entender que as crises não são constantes mas podem aparecer a qualquer momento.
Viver com crises de pânico e ansiedade é como viver com a morte andando ao seu lado o tempo todo.





A pior sensação pra mim é a dormência no corpo todo e a dor no peito como se tivessem te empurrado uma bola de fogo guela abaixo chega a ser insuportável.
Existem algumas coisas que podemos fazer pra amenizar os sintomas como exercícios de respiração, entre outras coisinhas a mais.
Eu me apoio bastante na música para me acalmar e realmente funciona.
Não vejo a hora de isso tudo acabar...
Então se você conhece alguém ou passa por essa situação nunca ache que é frescura e nunca se culpe por se sentir mal as vezes por tão pouco, é uma questão de tempo tudo isso acabar e a gente voltar a ter uma vida normal.
É essa normalidade que busco todo dia quando acordo.
Não desista mesmo que tudo conspire contra você Deus está cuidando de nós...

Nenhum comentário:

Postar um comentário