domingo, 18 de dezembro de 2016

Achados e Perdidos - Stephen King

Olá meus queridos,
Quem me acompanha aqui no blog desde o começo sabe como sou apaixonada pelo horror fantástico, ficção especulativa e o drama descritos por este autor.


Stephen King

E hoje vamos falar um pouco da criatividade mirabolante deste homem.
Nascido em 21 de setembro de 1947 Stephen Edwin King ficou extremamente famoso por suas obras de horror que de livros ganharam também um notável espaço no cinema.
Mas não se engane o cara é um artista completo, além de seus livros de suspense ele também escreveu obras muito reconhecidas em outros gêneros da literatura.
Ainda criança com dois anos de idade foi abandonado por seu pai, sendo assim sua mãe foi responsável por sua criação e também de seu irmão.
Teve uma vida complexa e ainda criança presenciou um terrível acidente numa ferrovia que acabou tirando a vida de seu amigo que foi atropelado por um comboio, muitos acreditam que a partir dai surgiu o seu lado obscuro e suas criações perturbadoras.
Ele aos poucos foi ganhando espaço e notoriedade, mas em 1999 Stephen King sofre um acidente gravíssimo, em uma das suas caminhadas ao redor de sua casa ele foi atropelado por um motorista distraído, o que resultou em traumatismo craniano, fraturas múltiplas na perna direita e perfurações em um dos seus pulmões , foi submetido a três cirurgias e se recuperou rapidamente da situação que lhe havia sido imposta como um de seus contos de horror.
E foi assim que esse mito continuou a escrever e criar novas obras.





Ele tem vários livros muito tops mas vamos focar neste aqui Achados e Perdidos lançado em 2015.
Este livro faz parte de uma trilogia sobre Bill Hodges, na verdade comprei ele e dei de presente ao meu love e pelo pouco que li a respeito a história é apaixonante e é um conto policial.
Ficou curioso? É eu também fiquei rsrs mas só vou ler quando o dono dele o terminar né rsrs ai então trago a resenha desta obra, claro se quiser matar a curiosidade antes sem problema leia e deixe sua opinião nos comentários. 



Nenhum comentário:

Postar um comentário