sexta-feira, 14 de outubro de 2016

Alguns direitos trabalhistas que devemos conhecer

Bom dia meus queridos,

Galera hoje resolvi trazer um post um pouco diferente dos que costumo trazer, mas pode esclarecer algumas dúvidas e te ajudar a não ser passado para traz pelos seus patrões.
Digo isso porque hoje em dia acho o cúmulo que ainda haja certos tipos e conduta inadmissíveis por parte dos empregadores, o que influência na insatisfação e desmotivação do funcionário então vamos lá.




Bom meus amores o que esperar de uma empresa desorganizada?
Na melhor das hipóteses você tem ai na empresa que trabalha um Departamento Pessoal que visa os direitos trabalhistas assim como eu tive alguns anos atras, isso faz toda a diferença para o nosso desempenho.
Empresas que exigem bastante de nós, mas que tem bons benefícios, um salário justo e reconhece seu trabalho hoje em dia é o paraíso e acreditem já passei por uma empresa assim onde você tinha direito a um day off pelo dia do seu aniversário.
Mas nem tudo são flores não é mesmo.



Gente nesse top 10 vou estar falando de direitos básicos que você precisa conhecer para exigir seu cumprimento:
  1. O empregador tem 48 horas para assinar a carteira de trabalho do empregado a partir da data de sua admissão.
  2. Quem recebe por mês tem direito a receber seu salário até o 5° dia útil, não são permitidos por lei atrasos.
  3. As empresas normalmente tem 15 minutos de tolerância para atrasos e mesmo com essa tolerância caso você ultrapasse esse limite seu empregador não pode impedi-lo de trabalhar ou manda-lo voltar para casa, caso isso aconteça você pode processá-lo por dano moral, claro que se o atraso for superior a 15 minutos você estará passível a ter desconto em folha de pagamento e tomar uma advertência.
  4. O empregador não pode recusar seus atestados a menos que seja comprovado sua ilegitimidade, não existe isso de porque sou um conveniado não posso passar em outro lugar e pegar um atestado, é óbvio que se você está doente vai procurar o hospital mais próximo que pode não ser o convênio oferecido pela empresa.
  5. Ainda falando em atestados as empresas tem dificultado a entrega dos mesmo a cada dia que passa então se atente a isso, procure seu sindicato ou um bom advogado trabalhista.
  6. Desconto para vale transporte é de no máximo 6 % nada mais além que isso.
  7. Quem pede demissão perde o direito ao seguro desemprego.
  8. Suas férias precisam ser programadas junto ao empregador e sempre deve-se fazer o aviso de férias com antecedência para que o empregado possa se programar.
  9. Desvio de função não é permitido por lei, fique atento ao acumulo de funções.
  10. Pressão psicológica é crime, ser tratado com preconceito também é crime não deixe isso barato processe.

A verdade é que existem umas empresas de meia tigela por ai que fazem dos seus funcionários escravos, gato e sapato porque eles sabem que a grande maioria não levará a processo as falcatruas que cometem e realmente da trabalho fazer isso, mas se nós como classe operária não nos mobilizarmos onde vamos parar.

O trabalho deveria ser para nós uma maneira prazerosa de ganhar dinheiro, conquistar sonhos, mas quem nunca saiu de casa arrastado para ir trabalhar porque não suporta mais o lugar onde trabalha, eu já.
Bom galera espero que essas dicas sejam úteis para vocês e não se omita lute pelos seus direitos é a sua vida profissional que está em jogo, não espere chegar num nível hard de descontentamento e estresse como eu cheguei não vale a pena.

Beijos e fui 




Nenhum comentário:

Postar um comentário