segunda-feira, 12 de setembro de 2016

TAG - meu problema e minha motivação

Olá galera tudo bem com vocês?
O post de hoje será um pouco diferente do habitual, na verdade preciso compartilhar com vocês um fato importante sobre mim e sei que de alguma forma poderei contribuir com pessoas que tenham vivido ou estejam passando por esse momento em sua vida.
Pretendo em outros posts falar mais detalhadamente sobre este assunto, quem sabe gravar alguns videos a respeito mas no momento vou contar a vocês como tudo começou.

Dai talvez você me pergunte mas Mônica seu blog não é sobre arte e artesanato? Sim é, mas a criação deste blog também tem haver com meu momento atual.
Talvez você  nunca tenha ouvido falar sobre TAG (Transtorno de ansiedade generalizada) pois é eu também não conhecia até que a um mês e alguns dias fui diagnosticada com essa doença e minha vida mudou completamente, sinceramente em primeiro momento você fica chocado sabe, mas hoje mesmo ainda sentindo efeitos deste transtorno posso dizer que me fez muito bem passar por isso porque resgatou minha essência e me permitiu conhecer alguém dentro de mim que eu não sabia que existia.
Tudo começou com a primeira crise dia 01/08/16, na realidade os sintomas já estavam a tempos presente mas eu ignorava, então neste dia acordei diferente com um mal estar persistente dor de estômago forte, falta de ar, dor no peito, palpitações, foi a mistura do sentir tudo e não entender o porque de estar daquele jeito, o que também é uma grande mentira naquele momento eu estava tendo uma crise de stress agudo, é amigo stress nunca imaginei chegar a um nível hard de stress que me desencadeasse tantas complicações, indo ao pronto socorro o diagnostico suspeita de síndrome do pânico e o encaminhamento para o psiquiatra, aquilo que começou com um mal estar passou a me sufocar todos os dias desde então.
Fui a primeira psiquiatra mas acho que não houve um bom entrosamento então alguns dias depois encontrei uma outra médica com quem faço acompanhamento até o presente momento e somente depois disso tive o diagnostico correto o TAG.
Hoje tomo dois tipos de medicação o Fluoxetina 40 mg tomo dois comprimidos de 20 mg e o Quetiapina 25 mg, o Fluoxetina é um antidepressivo, já o Quetiapina me ajuda a dormir melhor.
Depois de tudo isso fui afastada do emprego e estou em casa relaxando rsrs, gente mas digo a vocês medicação apenas não adianta foi ai que me vi sem ter ideia do que fazer, então passei a procurar relatos no youtube para poder me entender e encontrei alguns que foram muito marcantes para mim, depois disso resolvi me dedicar a algo que sempre amei a ARTE de uma forma geral e foi ai que comecei a confeccionar minhas peças de artesanato e logo em seguida resolvi tomar coragem e iniciar este blog no qual tenho me empenhado bastante e tem me feito muito bem.
Se você passa também por este problema ou conhece alguém que esteja enfrentando essa tempestade queria lhe dizer algumas coisas :
- Procure um médico não é vergonha passar por problemas assim você não está louco e precisa de ajuda.
- Se você assim como eu no inicio não consegue se relacionar bem com as pessoas procure algo que você goste muito de fazer, ou se ainda  não tem hobbie descubra-se isso é muito importante.
- E não desista você não vai morrer, apenas está passando por uma fase de aprendizado e logo vai passar.
As quintas-feiras posto aqui no blog o tema  A arte Cura comecei com o artigo musicalizando e seguirei por mais um tempo falando a respeito dos benefícios da arte sobre a nossa vida enxergando a arte como terapia, acompanhe sei que mudará seu conceito de viver assim como mudou o  meu.
Bom galera hoje foi um breve resumo da minha história que aos poucos você irá conhecer, espero que eu possa ser útil a você assim como alguns blogueiros foram para mim e se tornaram parte do meu dia a dia e me impulsionaram a estar aqui falando com vocês.
Continue me acompanhando temos muitas lições para aprendermos juntos um big beijo e tchau tchau.


Nenhum comentário:

Postar um comentário