segunda-feira, 19 de setembro de 2016

Minha arte - Minha vida

Olá galera,

Gente estou tão atarefada que bateu o cansaço rsrs.
Hoje o minha arte será um pouco diferente do habitual, acho que chegou a hora de saberem mais sobre a pessoa que vos escreve rsrs, EU.
Não costumo falar muito sobre mim e este não é o foco aqui do blog mas gostaria com o post de hoje que vocês conhecessem  mais os meus conceitos e opiniões porque afinal acho que troca de experiências é super válido.
Então vamos lá.



Tudo começou quando eu nasci óbvio né rsrs, chega de graça :).
Bom amigos sou filha de um casal de pernambucanos, nasci em 20/02/90, na Vila Formosa e vivi na zona leste até um ano e meio atrás mais ou menos.

Minha infância foi super tranquila sempre fui muito, muito, muito tímida, poucas amigas e muitos livros porque eu amo ler então essa era minha ocupação desde menina passava horas e horas lendo, aos cinco anos tive o primeiro contato com religião em si e me tornei membro da Assembleia de Deus min. Belém, então continuei crescendo e resolvi conhecer outras denominações então passei pela Congregação Cristã, depois TJ e por fim aos doze anos resolvi que a Igreja Metodista livre era o meu lugar, um ano depois me batizei nesta denominação.
Aos 14 anos comecei a trabalhar porque sempre busquei a independência, sem descuidar dos estudo sempre fui uma excelente aluna.
Durante mais ou menos seis anos fui membro da Metodista aprendi muita coisa lá, a gente antes que me esqueça nesse meio tempo ganhei um irmãozinho o Matheus que tem 10 anos de diferença de mim.
Acelerando um pouco os passos me veio o Guilherme lindo presente de Deus na minha vida, em 2011 nascia essa criança apressada a porque nasceu de oito meses, já havia me desligado da igreja e a partir dali o meu contato se tornou um pouco restrito com a questão religiosa não me acho evangélica mas creio em Deus e na bíblia e tudo o que passa disso eu descarto completamente.
Sofri um acidente não me recordo bem o ano, ganhei um dodói no joelho que me rendeu uma cirurgia, a frase cuidado com o vão entre o trem e a plataforma não adiantou muito para mim rsrs, fui parar no bendito vão.
Escolhi minha profissão queria estar envolvida em projetos de segurança cara amo muito está área, embora a algum tempo minha paixão não tem me feito muito feliz acho que chegou a hora de parar...
Perdi uma amiga muito querida ano passado, lá no fundo ainda não me acostumei com a ideia, mas muita coisa mudou encontrei o amor da minha vida e me mudei para a zona oeste de sampa, depois disso muita coisa boa foi acontecendo, realizei meu sonho de entrar para a faculdade curso de pedagogia, mas ainda tinha muita coisa para acontecer kkk, me tornei o ser humano mais stressado do mundo o trabalho castigou meu psicológico, e ai vem a parte do TAG que já contei a vocês alguns posts passados. Ainda existem coisas que não comentei como, adoro chocolate, bichos de pelúcia, aprecio bons amigos mas conto nos dedos os que tenho, odeio injustiças odeio mesmo não admito, não aceito, prezo muito pelo meu caráter, não mudo de opinião para agradar pessoas, amo roupa preta, curto rock tipo Legião Urbana, Capital Inicial, curto rap de Racionais a Projota  cara que admiro muito, os outros ritmos danço né rsrs, funk respeito os adeptos mas não curto não, gosto do agito mas também gosto de estar sozinha as vezes, tenho um gênio forte, ai gente tanta coisa rsrs.
Talvez algumas de vocês pareçam comigo ou sejam totalmente o oposto, não sei, apenas sei que me amo do jeito que sou e esse é o primeiro passo para encarar nossa vida como arte, acho muito importante dar sentido a vida porque ela passa muito rápido e a gente pouco aproveita esse curto período, sempre acredito que tudo pode dar certo e não consigo me conformar ou me calar diante de algumas situações porque para mim quando você se cala está sendo conivente com o erro e eu não consigo ser assim...

Essa é parte do que sou, sou a Mônica que acredita nas pessoas e na mudança delas, e também acho que se me odeiam o problema está no caráter delas não no meu então não preciso ser reciproca.




Simplesmente sou assim, prazer meu nome é Mônica.








Nenhum comentário:

Postar um comentário